São unidades de vidro isolante compostas de pelo menos um vidro de controlo solar fazendo com que a entrada de calor através do duplo acristalamento seja muito menor que num UVA normal. Este tipo de vidro está associado habitualmente aos vidros com cores, embora também existam vidros de controlo solar neutros.

Ao usar este tipo de vidros, conseguimos reduzir a entrada de calor através do acristalamento, proporcionando assim uma sensação de maior conforto. Este tipo de vidro está recomendado para ser usado fundamentalmente em zonas quentes, em Espanha são recomendáveis para a zona sul e zona centro. Podem ser combinados com vidros laminados, laminados acústicos, para melhorar as prestações de segurança e conforto. 

Fundamentalmente para edifícios de escritórios, obras oficiais, clarabóias e em geral para todas as obras onde existam painéis de vidro muito grandes orientados para sul. Está a ser cometido um erro muito comum nas vivendas uni-familiares com grandes superfícies acristaladas, onde se estão a colocar vidros transparentes, facilitando assim uma enorme entrada de calor e retirando assim a sensação de bem-estar, para estes casos, é recomendável usar este tipo de vidros.